Barraco: ministro do Supremo chama jornalista de ‘ignorante’ e bate boca no Twitter

  • Icon instagram_blue
  • Icon youtube_blue
  • Icon x_blue
  • Icon facebook_blue
  • Icon google_blue

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes passou parte da madrugada deste domingo (22) batendo boca com usuários no Twitter. A confusão teve início quando o magistrado usou seu perfil para xingar o jornalista Josias de Souza, a quem chamou de ignorante e acusou de fazer apologia ao tráfico, após o profissional escrever […]

POR Redação SRzd22/10/2017|2 min de leitura

Barraco: ministro do Supremo chama jornalista de ‘ignorante’ e bate boca no Twitter

Alexandre de Moraes. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

| Siga-nos Google News

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes passou parte da madrugada deste domingo (22) batendo boca com usuários no Twitter. A confusão teve início quando o magistrado usou seu perfil para xingar o jornalista Josias de Souza, a quem chamou de ignorante e acusou de fazer apologia ao tráfico, após o profissional escrever uma coluna em que critica Moraes.

Foi o suficiente para diversos internautas atacarem o ministro, que não gostou da confusão e mandou que um deles “vá trabalhar”, entre outros impropérios.

 

Com Brasil 247

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes passou parte da madrugada deste domingo (22) batendo boca com usuários no Twitter. A confusão teve início quando o magistrado usou seu perfil para xingar o jornalista Josias de Souza, a quem chamou de ignorante e acusou de fazer apologia ao tráfico, após o profissional escrever uma coluna em que critica Moraes.

Foi o suficiente para diversos internautas atacarem o ministro, que não gostou da confusão e mandou que um deles “vá trabalhar”, entre outros impropérios.

 

Com Brasil 247

 

Notícias Relacionadas

Ver tudo
Abin espionou autoridades do Judiciário, do Legislativo e jornalistas; veja nomes

Investigação da Policia Federal aponta que agentes lotados na Agência Brasileira de Inteligência (Abin) utilizaram ferramentas de espionagem adquiridas pelo órgão para monitorar os movimentos de autoridades do Judiciário, do Legislativo e da Receita Federal, além de personalidades públicas, como jornalistas. Os atos irregulares teriam ocorrido durante o governo de Jair Bolsonaro. O resultado das […]

Abin espionou autoridades do Judiciário, do Legislativo e jornalistas; veja nomes

8 min de leitura