ECONOMIA: Setor de Energia quer redução de tributos e encargos

  • Icon instagram_blue
  • Icon youtube_blue
  • Icon x_blue
  • Icon facebook_blue
  • Icon google_blue

Carga tributária sobre o setor elétrico chega a quase 40% do valor pago pelo consumidor em cada conta de luz.

POR Redação SRzd29/08/2006|1 min de leitura

ECONOMIA: Setor de Energia quer redução de tributos e encargos
| Siga-nos Google News

O I Fórum Instituto Acende Brasil discute hoje em São Paulo, no Hotel Renaissance, uma forma de reduzir a pesada carga de impostos e encargos setorias sobre a área de energia.

O dois painéis vão debater propostas de redução do ICMS, PIS/COFINS, INSS e os encargos CCC(Conta de Consumo de Combustível), RGR(Reserva Global de Reversão) e TFSEE(Taxa de Fiscalização dos Serviços de Energia Elétria.

Participam do encontro Claudio Sales, Presidente do Instituto Acende Brasil; Gilberto Luiz do Amaral, da Academia Brasileira de Direito Tributário; Luiz Sérgio Assad, chefe de gabinete do Secretário de energia de São Paulo; Maria D’Assunção Costa, presidente do Instituto Brasileiro de Estudos em Direito da Energia e Raul Velloso, consultor econômico.

O ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau, foi convidado e está sendo esperado para discutir o tema com especialistas.

O moderador do Encontro será o jornalista Sidney Rezende, do site SRZD.

Notícias Relacionadas

Ver tudo