Três veículos iguais circulavam na cidade com a mesma placa

  • Icon instagram_blue
  • Icon youtube_blue
  • Icon x_blue
  • Icon facebook_blue
  • Icon google_blue

Veja o que recomenda o Detran para não comprar um veículo com a licença clonada.

POR Redação SRzd05/07/2006|3 min de leitura

Três veículos iguais circulavam na cidade com a mesma placa
| Siga-nos Google News

Carros iguais, licenças idênticas. De fevereiro até o último dia 4, três veículos da mesma marca, mesmo modelo e mesma cor circulavam pela cidade com placas iguais – o último dos três foi apreendido nesta terça-feira por agentes da Corregedoria do Detran-RJ em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio. Era um carro que usava a placa clonada do Gol LOL 8613 e tinha características idênticas às de um Gol Special, cor cinza, ano 2003, que pertence, na verdade, a José Ricardo da Silva Castro. O carro havia sido roubado no dia 8 de fevereiro no Méier (Zona Norte do Rio), e sua placa verdadeira é KNE 2465.

A descoberta do primeiro clone deste veículo foi em fevereiro deste ano, quando Telmo José dos Santos ligou para o Teleatendimento do Departamento de Trânsito para agendar a transferência de propriedade do automóvel. Informado que o serviço já havia sido marcado, Telmo desconfiou de que o seu carro pudesse ter sido clonado. Na 27ª DP (Vicente de Carvalho), onde o caso foi registrado, descobriu que seu próprio carro era um clone.

Depois de ser acionada, a Corregedoria do Detran apreendeu o segundo carro de placa clonada no posto de Irajá, durante uma vistoria. Após inspeção, ficou constatado que o número do chassis do automóvel não correspondia ao registrado no cadastro do Detran. Além disso, descobriu-se que o Certificado de Registro de Veículo (CRV) era falsificado e que o Gol também havia sido furtado.

Os proprietários dos dois clones afirmaram desconhecer que circulavam com veículos em situação irregular. Eles compraram os automóveis através de anúncio em jornais. Em depoimento na delegacia, descreveram os vendedores com carecterísticas semelhantes.

“Os bandidos roubaram veículos com mesmo modelo, marca e cor. Antes de vendê-los, mandaram confeccionar placas idênticas a do carro verdadeiro e falsificaram os documentos”, explicou o corregedor do Detran, Carlos Fogaça.

Siga essas orientações do Detran na hora de comprar um carro:

* O motorista deve desconfiar de facilidades na hora da compra. Por exemplo: um carro importado com um preço fora do preço de mercado.

* Prefira agências registradas.

* Exija recibo de compra e venda.

* O motorista pode obter no

Notícias Relacionadas

Ver tudo