Ex-presidente da Liga-SP revela desafio de reconstruir escola de samba

  • Icon instagram_blue
  • Icon youtube_blue
  • Icon x_blue
  • Icon facebook_blue
  • Icon google_blue

Presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo entre 1998 e 1999 e 2000 e 2005, Robson de Oliveira atuará em 2025 como diretor de Carnaval da Raízes do Samba, agremiação em que sua filha Jackeline Rodrigues Motta é presidente. Em entrevista ao repórter Guilherme Queiroz, para o SRzd, o experiente sambista […]

POR Redação SRzd04/06/2024|3 min de leitura

Ex-presidente da Liga-SP revela desafio de reconstruir escola de samba
| Siga-nos Google News

Presidente da Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo entre 1998 e 1999 e 2000 e 2005, Robson de Oliveira atuará em 2025 como diretor de Carnaval da Raízes do Samba, agremiação em que sua filha Jackeline Rodrigues Motta é presidente.

Em entrevista ao repórter Guilherme Queiroz, para o SRzd, o experiente sambista citou o “desafio” de reconstruir a escola de samba Valença de Perus, que desde 2019 se chama Raízes, e que no próximo ano, fará sua estreia no Sambódromo do Anhembi, na abertura do Grupo de Acesso 2, no dia 22 de fevereiro.

“Foi um desafio muito grande reconstruir uma escola, que era a antiga Valença de Perus, e projetar ela para um futuro diferente, moderno, atual e trazê-la dentro de uma dinâmica competitiva. Porque o desfile por si só há uma comparação e uma disputa entre uma escola e outra, então você tem que estar preparado para chegar. Chegamos com muita humildade, vamos preparar um grande enredo, estamos proporcionando uma grande estrutura para abrir o Carnaval de São Paulo”, garantiu Robson que também é diretor de Carnaval da Imperador do Ipiranga.

Mais sobre Robson de Oliveira

Figura conhecida entre os sambistas, Robson também liderou a Uesp por quatro anos, entre 1993 e 1997. Em sua trajetória, apresentou, na TV Gazeta, Canal 21 e TV Aberta, entre 2003 e 2013, o programa “Passarela do Samba”, onde ganhou o apelido de “Comandante do Samba”. Por três anos foi repórter da Rádio 105 FM, no programa de Gleides Xavier e participou de publicações de revistas sobre o segmento Carnaval.

É fundador da Embaixada do Samba de São Paulo e conselheiro da Associação de Bandas e Blocos Carnavalescos (ABBC). Trabalhou como diretor de eventos da SPTuris, empresa oficial de eventos e turismo da cidade de São Paulo, onde também ocupou a presidência por um um mês.

Sempre ligado a atividades das escolas de samba, atuando como palestrante e consultor, também recebeu o título de Sambista Imortal, pela Mocidade Alegre e Cidadão Mangueirense.

Robson de Oliveira. Foto: Reprodução/Youtube/Fifikane Podcast
Robson de Oliveira. Foto: Reprodução/Youtube/Fifikane Podcast

Leia também:

+ Carnaval de São Paulo: veja a ordem dos desfiles no Anhembi em 2025

+ Público já pode comprar ingressos para o Carnaval de São Paulo 2025

Notícias Relacionadas

Ver tudo