Bebeto reage após Romário chamá-lo de ‘traidor’: ‘É um egoísta; não traí ninguém’

  • Icon instagram_blue
  • Icon youtube_blue
  • Icon x_blue
  • Icon facebook_blue
  • Icon google_blue

O ex-atacante Bebeto reagiu aos comentários feitos pelo ex-jogador e senador Romário no “Podcast do Garotinho“. O parlamentar havia chamado o ex-parceiro de Seleção Brasileira de “traidor”. “Quem é ele para me chamar de traidor? O Romário está ficando velho e acho que está ficando esclerosado, falando muita besteira. Tenho uma carreira íntegra no futebol […]

POR Redação SRzd09/05/2023|2 min de leitura

Bebeto reage após Romário chamá-lo de ‘traidor’: ‘É um egoísta; não traí ninguém’

Romário e Bebeto. Foto: Reprodução/Instagram

| Siga-nos Google News

O ex-atacante Bebeto reagiu aos comentários feitos pelo ex-jogador e senador Romário no “Podcast do Garotinho“. O parlamentar havia chamado o ex-parceiro de Seleção Brasileira de “traidor”.

“Quem é ele para me chamar de traidor? O Romário está ficando velho e acho que está ficando esclerosado, falando muita besteira. Tenho uma carreira íntegra no futebol e na política, nunca me envolvi em polêmicas. Não posso falar o mesmo dele, que é um egoísta, sempre pensou apenas nele”, disse Bebeto em entrevista ao UOL.

“O Romário me chamou para o Podemos e eu fui, mas ele saiu sem avisar ninguém, não me falou. Eu fiquei sabendo que ele tinha ido para o PL pela imprensa, ele não falou comigo. Na verdade, foi ele quem traiu, porque saiu ‘de fininho’. Por que não falou comigo?”, continuou Bebeto.

“Eu fui para o PSD apoiar um dos melhores presidentes da Alerj, que foi o André Ceciliano. Foi um pedido do Eduardo [Paes, prefeito do Rio de Janeiro] e depois apoiei também a candidatura do Caiado. Não traí ninguém, política se faz em grupo e o Romário sempre só pensou nele”, comentou o ex-jogador.

“Ele [Romário] sempre foi assim, só pensa nele próprio. Achei que depois de velho ele iria mudar, mas parece que não. Ele não gosta de falar que ganhou em 94 [a Copa do Mundo] sozinho? Ninguém faz nada sozinho. Futebol e política se fazem coletivamente e o Romário é individualista”, completou.

Ao podcast, o apresentador Garotinho questionou o senador sobre Bebeto. “Traidor. Foi [meu maior parceiro], mas não é mais. Me traiu na política. Pulou [de galho]. Tem algumas coisas na vida que eu levo para sempre, dentro e fora da política. Todos os dias tem uma, mas, quando é com um cara que você gosta, que você conviveu e tem uma relação de amizade em todos os sentidos, isso é triste”, respondeu Romário.

O ex-atacante Bebeto reagiu aos comentários feitos pelo ex-jogador e senador Romário no “Podcast do Garotinho“. O parlamentar havia chamado o ex-parceiro de Seleção Brasileira de “traidor”.

“Quem é ele para me chamar de traidor? O Romário está ficando velho e acho que está ficando esclerosado, falando muita besteira. Tenho uma carreira íntegra no futebol e na política, nunca me envolvi em polêmicas. Não posso falar o mesmo dele, que é um egoísta, sempre pensou apenas nele”, disse Bebeto em entrevista ao UOL.

“O Romário me chamou para o Podemos e eu fui, mas ele saiu sem avisar ninguém, não me falou. Eu fiquei sabendo que ele tinha ido para o PL pela imprensa, ele não falou comigo. Na verdade, foi ele quem traiu, porque saiu ‘de fininho’. Por que não falou comigo?”, continuou Bebeto.

“Eu fui para o PSD apoiar um dos melhores presidentes da Alerj, que foi o André Ceciliano. Foi um pedido do Eduardo [Paes, prefeito do Rio de Janeiro] e depois apoiei também a candidatura do Caiado. Não traí ninguém, política se faz em grupo e o Romário sempre só pensou nele”, comentou o ex-jogador.

“Ele [Romário] sempre foi assim, só pensa nele próprio. Achei que depois de velho ele iria mudar, mas parece que não. Ele não gosta de falar que ganhou em 94 [a Copa do Mundo] sozinho? Ninguém faz nada sozinho. Futebol e política se fazem coletivamente e o Romário é individualista”, completou.

Ao podcast, o apresentador Garotinho questionou o senador sobre Bebeto. “Traidor. Foi [meu maior parceiro], mas não é mais. Me traiu na política. Pulou [de galho]. Tem algumas coisas na vida que eu levo para sempre, dentro e fora da política. Todos os dias tem uma, mas, quando é com um cara que você gosta, que você conviveu e tem uma relação de amizade em todos os sentidos, isso é triste”, respondeu Romário.

Notícias Relacionadas

Ver tudo
Abin espionou autoridades do Judiciário, do Legislativo e jornalistas; veja nomes

Investigação da Policia Federal aponta que agentes lotados na Agência Brasileira de Inteligência (Abin) utilizaram ferramentas de espionagem adquiridas pelo órgão para monitorar os movimentos de autoridades do Judiciário, do Legislativo e da Receita Federal, além de personalidades públicas, como jornalistas. Os atos irregulares teriam ocorrido durante o governo de Jair Bolsonaro. O resultado das […]

Abin espionou autoridades do Judiciário, do Legislativo e jornalistas; veja nomes

8 min de leitura