Marisa Monte se despede do Rio neste fim de semana

  • Icon instagram_blue
  • Icon youtube_blue
  • Icon x_blue
  • Icon facebook_blue
  • Icon google_blue

Show já foi visto por cerca de 30 mil pessoas.

POR Redação SRzd09/08/2006|2 min de leitura

Marisa Monte se despede do Rio neste fim de semana
| Siga-nos Google News

Neste fim de semana (dias 12 e 13/08), a cantora Marisa Monte se despede do público carioca no Claro Hall, depois de lotar a casa de espetáculos durante um mês com o show da turnê ‘Universo Particular’. Programada inicialmente para duas semanas, a temporada foi estendida por conta da grande procura por ingressos, repetindo o êxito de São Paulo. O show da cantora, que estava fora dos palcos desde 2001, já foi visto no Rio por quase 30 mil pessoas e, desde sua estréia em Curitiba, por um total de 90 mil espectadores.

Em setembro, a turnê segue para Europa e EUA. No início de 2007, percorre o Norte e o Nordeste brasileiros e, a partir de março, cumpre extensa agenda pela América Latina e Ásia. Em maio, retorna ao Brasil para se apresentar em mais algumas cidades. Ao todo, ‘Universo Particular’ será visto em 25 países.

O essencial do repertório vem dos novos álbuns, ‘Infinito Particular’ e ‘Universo ao Meu Redor’, que juntos já venderam 600 mil cópias.

O show

Considerado pela crítica o show mais maduro da carreira de Marisa, Universo Particular é centrado no repertório dos dois novos CDs mas inclui, entre as 22 músicas do roteiro, canções de trabalhos anteriores como Alta noite (Arnaldo Antunes), Ao meu redor (Nando Reis) e os sucessos tribalistas Passe em casa, Carnavália e Não vá embora, além da inédita Nada é proibido (Dadi, Seu Jorge e Marisa Monte).

A cantora assina sozinha a direção musical e divide a direção cênica com Leonardo Netto e Cláudio Torres. No palco, é acompanhada por uma banda composta por cavaquinho (Mauro Diniz), baixo (Dadi), violão ( Pedro Baby), teclados (Carlos Trilha), bateria (Marcelo Costa), trumpete (Maico Lopes), violino (Pedro Mibielli), cello (Marcos Ribeiro) e fagote (Juliano Barbosa). A sonoridade é reforçada por instrumentos que a própria Marisa toca ao longo do show: gaita, guitarra, ukelele (uma espécie de cavaquinho havaiano) e kalimba (pequeno teclado de origem africana).

Os trabalhos de Marisa

Ao longo de 15 anos de carreira, Marisa Monte lançou cinco álbuns. Depois da última turnê, em 2001, produziu o álbum de Argemiro Patrocínio, da Velha Guarda da Portela, além do CD dos Tribalistas, em parceria com os amigos Carlinhos Brown e Arnaldo Antunes.

Notícias Relacionadas

Ver tudo