Kate Middleton: ‘Doente demais para ser ativa’

  • Icon instagram_blue
  • Icon youtube_blue
  • Icon x_blue
  • Icon facebook_blue
  • Icon google_blue

Bastidores. A monarquia britânica vive um dos momentos mais delicados por conta dos problemas de saúde de dois dos seus membros mais importantes. Rei Charles III e Kate Middleton lutam contra o câncer. No caso da Princesa de Gales, o choque não foi somente para a família, mas também para a opinião pública britânica e […]

POR Redação SRzd03/06/2024|3 min de leitura

Kate Middleton: ‘Doente demais para ser ativa’
| Siga-nos Google News

Bastidores. A monarquia britânica vive um dos momentos mais delicados por conta dos problemas de saúde de dois dos seus membros mais importantes.

Rei Charles III e Kate Middleton lutam contra o câncer. No caso da Princesa de Gales, o choque não foi somente para a família, mas também para a opinião pública britânica e internacional. Até que ela mesma revelasse seu quadro de saúde em vídeo publicado nas redes sociais, havia muita especulação em torno da verdade (relembre no vídeo abaixo): 

Em meio ao cancelamento de sua agenda e reclusão desde o anúncio, em março deste ano, surgem notícias sobre os sentimentos de Kate diante do momento que vive. De acordo com a imprensa internacional, Kate estaria se sentindo culpada por não poder cumprir com seus compromissos.

A autora do livro “Meghan and Harry: The Real Story: Persecutors or Victims” (“Meghan e Harry: A História Real: Perseguidores ou Vítimas”, em tradução livre) e primeira biógrafa da princesa Diana, Lady Colin Campbell, afirmou, em entrevista à revista espanhola Mujer Hoy, que a situação de saúde de Kate é delicada.

“Catherine está muito doente. O tratamento é exaustivo. Ela tem que se reservar para se recuperar e poder cuidar dos três filhos, que são muito pequenos. É simples assim, ela está doente demais para ser ativa”, disse para novo choque dos súditos.

A autora também destaca o papel do Príncipe William. “Os britânicos estão muito conscientes das circunstâncias muito adversas que o Príncipe William está tendo que viver. Ele está fazendo o que qualquer um poderia fazer em seu lugar.”

Nestas circunstâncias, figuras como Beatrice de York e Eugenie de York, filhas do príncipe Andrew e Sarah Ferguson, estão mais em evidência nos eventos da realeza. Lady Colin considera que nos próximos meses elas aparecerão mais em compromissos públicos.

“Venho há anos dizendo que as garotas de York deveriam ter aumentado o número de seus compromissos. A Eugenie vive em Portugal, por isso, a menos que regresse ao Reino Unido, não será possível, mas a Beatrice é excelente. Durante as celebrações do Jubileu da Rainha, fez um excelente trabalho com a avó. Ela é muito boa no que faz. Adoro que esteja assumindo muito mais coisas e espero que continue assim”, diz a autora.

fama

Notícias Relacionadas

Ver tudo