AVIAÇÃO: Entre nuvens de fumaça de um bom cigarro

  • Icon instagram_blue
  • Icon youtube_blue
  • Icon x_blue
  • Icon facebook_blue
  • Icon google_blue

Empresário alemão vai inaugurar companhia aérea exclusiva para fumantes.

POR Redação SRzd28/06/2006|2 min de leitura

AVIAÇÃO: Entre nuvens de fumaça de um bom cigarro
| Siga-nos Google News

Antes da proibição do fumo em aviões, muita gente relaxava nos vôos longos soltando azuladas baforadas. Agora, esse encanto para uma legião cada vez menor e mais acuada de fumantes vai voltar pelas mãos de um empresário alemão, criador da primeira companhia aérea para apreciadores de tabaco.

Alexander Schoppmann é o fundador da Smintair ‘ Smoker’s International Airways, ou Linhas Aéreas para Fumantes. Os primeiros aviões da empresa levantam vôo em 2007 ‘ dois Boings 747 cobrindo a linha Dusseldorf-Tóquio. Assim, durante as mais de dez horas de viagem, quem comprar um dos 138 assentos (30 na Primeira Classe e 108 na Classe Executiva) vai poder fumar à vontade, e com mais espaço que nos aviões não-fumantes, já que, com 138 poltronas, o espaço livre entre elas será maior.

Em sua página na internet, Schoppmann defende que a proibição de fumar nos aviões se deveu a um corte de custos: com a fumaça da ala dos fumantes, era necessário bombear ar fresco para dentro do avião, o que requer um sistema sofisticado ‘ e caro. A falta de ar fresco, porém, causa dores de cabeça nos passageiros, um detalhe que, segundo Schoppmann, não incomoda as companhias aéreas, frente à economia de gastos.

Para botar no ar seus aviões pró-fumo, o empresário vai precisar investir cerca de 40 milhões de euros ‘ é quanto exige a Autoridade Aérea Alemã para conceder a licença de vôo para a Smintair.

Notícias Relacionadas

Ver tudo