COPA 2006: Espanholas querem o fim do Mundial

  • Icon instagram_blue
  • Icon youtube_blue
  • Icon x_blue
  • Icon facebook_blue
  • Icon google_blue

Na Espanha, mulheres se juntam para dizer não ao futebol.

POR Redação SRzd15/06/2006|2 min de leitura

COPA 2006: Espanholas querem o fim do Mundial
| Siga-nos Google News

É óbvio que existem as exceções, ainda mais no Brasil onde o futebol é uma paixão nacional, mas muita gente acredita que mulher e futebol não se dão. Na Espanha, os dois lados são tão incompatíveis que as moças se juntaram e criaram um movimento por uma Espanha sem futebol.

As mulheres reivindicam mais atenção pois sentem-se ignoradas quando os jogos começam na TV principalmente agora, durante a Copa do Mundo. Outra reclamação é que elas são privadas de assistirem aos seus programas favoritos, pois os homens dominam o controle remoto.

A vida íntima do casal também é prejudicada pelo futebol, segundo as espanholas. As noites de amor são substituídas por “uma gritaria sem sentido por causa de 22 homens correndo atrás de uma bola”. Elas falam que os machos estão obcecados pela bola. Os campeonatos mundiais deveriam acabar pois, para elas, o sofrimento já é suficiente por conta das partidas da liga nacional.

O resultado da enquete que é feita no site do movimento – chamado “No más futbol” – faz parecer tudo mais radical. Ao perguntarem ao internauta se ele concorda com as reivindicações propostas, somente 15% (menor índice dentre as outras opções) se dizem mulher e concordar com tudo que foi exposto.

No site existem ainda sugestões de como os maridos devem compensar o tempo gasto com futebol. Um exemplo: a cada hora de jogo na TV, duas horas de “Desperate Housewives” e S”ex in the city”… e por aí vai. Revoltadas, será?

Notícias Relacionadas

Ver tudo