FUT RIO: Fluminense se afunda em crise e Flamengo perde no Sul

  • Icon instagram_blue
  • Icon youtube_blue
  • Icon x_blue
  • Icon facebook_blue
  • Icon google_blue

Esperança de vitória dos cariocas fica com Botafogo e Vasco.

POR Redação SRzd31/08/2006|4 min de leitura

FUT RIO: Fluminense se afunda em crise e Flamengo perde no Sul
| Siga-nos Google News

BOTAFOGO – Fogão quer afundar ainda mais o Paraná
Em ascensão, Alvinegro quer manter boa fase com vitória no Maraca.

O Botafogo quer afaster de vez o perigo do rebaixamento. Para isso, basta manter a boa fase e vencer o Paraná hoje, às 20h30min no Maracanã. O adversário não vive um bom momento, já que perdeu os dois últimos jogos. Justamente o contrário do Alvinegro, que está em ascensão após duas vitórias seguidas.

A expectativa é de Maracanã cheio, já que a diretoria reativou a promoção “Gol de Placa”, disponibilizando seis mil ingressos. Mas o time tem problemas na escalação. Claiton, suspenso pelo cartão vermelho no último jogo, Joilson, com dores no pé, e o atacante Jefferson Feijão, com dores na perna esquerda, estão fora. O técnico Cuca confirmou as escalações de Alê, Ruy e Wando. Outro que está de volta é Asprilla, reativando assim o esquema 3-5-2.

FLAMENGO – Ataque não funciona e Fla perde outra
No frio de Caxias do Sul, Juventude vence o Flamengo com gol de canela.

Mais uma vez mostrando fragilidade no ataque, o Flamengo foi derrotado pelo Juventude por 1 a 0, no Alfredo Jaconi. O gol foi marcado pelo experiente zagueiro Antônio Carlos de canela. Com a derrota, o Rubro-Negro completa três jogos sem vitória e cai para a décima-quinta posição, com o mesmo número de pontos do Botafogo. O rebaixamento começa a ser um perigo real para o campeão da Copa do Brasil.

O primeiro tempo foi movimentado, apesar do frio no Sul. E o Mengão deu a impressão de que podería vencer o jogo. Foram duas bolas na trave do goleiro André. Uma após cobrança de falta sensacional de Renato. A outra com o jovem Renato Augusto após jogada individual. O Juventude só assustou com o zagueiro Fabrício, mas Diego defendeu bem.

O Juventude voltou disposto a sair com a vitória e o gol saiu logo no início. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Antônio Carlos se antecipou à zaga do Flamengo e marcou de canela. A partir daí, o Flamengo não se encontrou mais, o ataque seguiu com sua ineficiência e o Juventude apenas administrou o resultado para sair com a vitória.

FLUMINENSE – Crise tricolor está longe do fim.
Time perde do Goiás de virada por 3 a 1 e segue caindo pelas beiradas.

A crise no Fluminense parece estar longe de acabar. Com uma atuação ruim, o Tricolor perdeu do Goiás por 3 a 1 de virada no Serra Dourada. Com o resultado, já são cinco jogos sem vitória, dois sob o comando de Antônio Lopes. E o próximo jogo é uma verdadeira pedreira: Vasco no Maracanã.

No primeiro tempo, o Fluminense deu a falsa impressão de que poderia sair vitorioso. Se não era brilhante, pelo menos corria o campo todo e não dava espaços na marcação. Nas poucas chances do Goiás, o goleiro Diego não comprometia. E para animar ainda mais, após passe perfeito de Lenny, o meia Juliano abriu o placar com um toque de categoria. E assim terminou a primeira etapa: com vitória do Fluminense.

Preocupado com a apatia de seu time, o técnico Geninho colocou o atacante Nonato em campo. E nessa substituição, o Goiás ganhou o jogo. Em sete minutos Nonato fez dois gols e virou a partida. O primeiro foi de cabeça após cruzamento de Vitor. E o segundo com um belo toque após lançamento de Jadílson. O Fluminense se perdeu de vez e não conseguiu esboçar uma reação em nenhum momento. E o Goiás ainda arrumou um terceiro gol para fechar o caixão tricolor. O volante Fábio Bahia arriscou o chute de longe e o goleiro Diego engoliu um frangaço. É o Flu ladeira abaixo.

VASCO – De olho na América, Vasco pega a Ponte
Time quer vencer a quarta seguida para embalar de vez no Brasileiro.

A hora da afirmação. Assim está sendo encarado pelo Vasco este jogo contra a Ponte Preta, às 20h30min em São Januário. Na quinta colocação no Campeonato, o Gigante da Colina quer os três pontos para voltar à zona de classificação para a Copa Libertadores da América (já que o Internacional subiu para quarto após vitória por 2 a 0 sobre o Santa Cruz ontem).

Além do arrumado time da Ponte Preta, o Vasco terá que superar seus próprios desfalques. Os zagueiros Paulão e Fábio Braz, e o lateral-direito Wagner Diniz estão fora. Mas o grande problema é o meia Morais, suspenso com o terceiro amarelo. A única boa notícia na Colina foi o retorno de Ramon ao time após dois jogos. O jogador tinha uma forte virose. No ataque, Faioli fará a dupla com Jean após a saída de Edílson.

Notícias Relacionadas

Ver tudo