MUNDO: Um minuto, num dia, para refletir sobre a vida

  • Icon instagram_blue
  • Icon youtube_blue
  • Icon x_blue
  • Icon facebook_blue
  • Icon google_blue

Just a minute day será um evento para celebrar uma parada no corre-corre da vida contemporânea e reunirá, dia 17, milhares de pessoas em diferentes países no momento em que, no Brasil, for meio-dia.

POR Redação SRzd08/09/2006|5 min de leitura

MUNDO: Um minuto, num dia, para refletir sobre a vida
| Siga-nos Google News

Vá para um lugar onde se sinta confortável, sente, olhe para um ponto fixo qualquer, relaxe. Vagarosamente, descanse os olhos. Tire sua atenção de tudo o que o rodeia. Imagens e sons. Respire com calma, deixe todas as preocupações de lado. Tenha paciência, elas vão embora. Conheça e aprecie os sentimentos positivos dessa ação. Mantenha o espírito nesse estado por mais alguns momentos. Feche os olhos e crie um silêncio em sua mente. Todo esse processo pode levar apenas um minuto. É o tempo suficiente para uma pessoa sair um pouco de sua rotina estressante e refletir sobre os malefícios da alta velocidade do mundo moderno e assim melhorar sua vida ‘ principalmente no trabalho. Por conseguinte, ainda torna o mundo mais pacífico, devido à melhoria espiritual. É o que defende a organização Brahma Khumaris, que promove, em 17 de setembro, o Dia do Minuto. O Just a minute day, na versão original, será um evento para celebrar uma parada no corre-corre da vida contemporânea e, promete a ONG, reunirá milhares de pessoas em diferentes países no momento em que, no Brasil, for meio-dia.

Nesse horário, haverá 12 mil pessoas no estádio de Wembley, em Londres, em busca de um minuto de silêncio. Sintonizadas, outras tantas na Rússia, na Argentina, na Espanha, na Alemanha e na África do Sul. Com elas, o público do Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro, alugado para abrir espaço para apresentações de dança, música e palestras sobre a ‘importância do silêncioâ?. Entre os participantes estarão o diretor da Biblioteca Nacional e professor da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Muniz Sodré, e a atriz Cássia Kiss, encarregada de fazer uma “leitura dramática sobre o silêncio”.

Pouco antes, aula de tai-chi-chuan, arte marcial chinesa baseada em movimentos lentos e sem falas ou gritos. A participação em todas as atividades é gratuita.

Todas as manifestações, de Londres a Moscou, passando por Rio e Buenos Aires, terão transmissão via internet, e cada cidade exibirá imagens do que acontece em outras.

Os eventos marcarão o início oficial de uma campanha mundial da Brahma Khumaris por um mundo melhor. “Nosso alvo são empresas, hospitais, escolas e pessoas”, explica Ana Lúcia Oliveira, coordenadora da campanha no Brasil. Oliveira diz que, no momento, os esforços da organização estão voltados para a organização do evento do dia 17. Porém, logo após o término das apresentações, o foco estará nas companhias privadas. Algumas, ainda não definidas, serão visitadas para receberem a proposta de conceder três ou quatro paradas de um minuto, no mínimo, durante o expediente. O desafio é provar que um funcionário mais relaxado produz mais.

O tempo concedido seria aproveitado com meditações sobre como as atitudes do dia-a-dia afetam sua saúde e a dos outros. “É uma questão de saúde e produtividade”, defende Ana Lúcia. “As pessoas precisam desacelerar para depois voltarem energizadas e concentradas em suas tarefas. Precisam se desligar e ligar novamente”.

Não à toa, o símbolo da campanha é universalmente conhecido ‘ um botão de liga e desliga, presente em vários eletrodomésticos. A campanha internacional já conta com músicas e desenhos animados que orientam os estressados a relaxar e limpar a mente. Em breve uma versão em português será produzida.

A publicitária Christina Carvalho Pinto, presidente da agência Full Jazz, é uma que acredita nessa idéia. Antes mesmo do lançamento da campanha, ela lançou um programa no escritório para permitir a todos os funcionários uma pausa de um minuto a cada hora. Durante o intervalo, pode-se pensar em tudo, menos em trabalho. Ela garante que a iniciativa tem dado certo.

“Hoje em dia, todos reclamam de tudo e culpam causas externas. Queremos trabalhar a responsabilidade individual por meio da meditação”, diz Ana Lúcia Oliveira. A coordenadora da campanha lembra que a meditação a que se refere não é apenas aquela com mantras, mas um “estudo da personalidade humana, algo com embasamento científico”. A Brahma Kumaris divulga estudos que comprovam a funcionalidade da meditação. Um deles, feito por pesquisadores da Academia Nacional de Ciências da Inglaterra, mostra que a prática pode aumentar a atividade mental, por elevar o número de conexões entre diferentes áreas do cérebro.

A ONG se intitula universidade espiritual e oferece aulas de meditação em 90 países do mundo. Além disso, é membro do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (Ecosoc) e tem caráter consultivo no Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância e Adolescência). Foi fundada em 1936, na Índia, e hoje possui 8 mil escolas em 90 países. Todas as unidades participarão da campanha do minuto.

Ana Lúcia defende que a sociedade é um reflexo das ações tomadas por cada um em sua vida. “Mas essa conexão parece que não existe para as pessoas”, reclama. A organização acredita que as repostas para os desafios cotidianos estão na prática diária de valores como amor, confiança e cooperação, entre outros. “Temos esse poder, é só querer. E o querer é individual”, diz.

* Para a Revista do Terceiro Setor.

Notícias Relacionadas

Ver tudo
Não categorizado
Dermatologista alerta para cuidados com o sol

Para se proteger do sol, o dermatologista Murilo Drummond, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, explica alguns cuidados que as pessoas devem ter, seja no sol quente do verão quanto em outras épocas. Como se proteger A forma correta de se proteger dos danos dos raios solares é a aplicação diária do filtro solar, faça chuva ou […]

Dermatologista alerta para cuidados com o sol

2 min de leitura

Não categorizado
Cientistas estudam inativação do vírus da Zika

Pesquisadores do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), estudam a inativação do vírus da Zika como um possível caminho para o desenvolvimento de uma vacina contra a doença. Ainda em fase inicial, a pesquisa foi um dos estudos sobre arboviroses apresentados durante um seminário que reuniu […]

Cientistas estudam inativação do vírus da Zika

3 min de leitura

Não categorizado
Médico questiona ligação entre miopia e falta de sol

A miopia, dificuldade de enxergar à distância, uma das alterações oculares que mais cresce no mundo, pode ser combatida entre adultos pela maior exposição à radiação UV (ultravioleta) emitida pelo sol durante a adolescência e juventude. Esta é a principal conclusão de uma pesquisa inédita que acaba de ser publicada no renomado periódico “Jama Ophthalmology”. […]

Médico questiona ligação entre miopia e falta de sol

4 min de leitura

Não categorizado
Mude seu cardápio para deixar o coração mais saudável

A busca por uma alimentação equilibrada geralmente traz dúvidas sobre quais alimentos devem ser consumidos com maior frequência ou não. Os óleos vegetais e seus derivados, como o creme vegetal, por exemplo, podem ser grandes aliados dentro de um estilo de vida saudável. Em sua composição são encontrados nutrientes essenciais de que o corpo necessita, […]

Mude seu cardápio para deixar o coração mais saudável

3 min de leitura