POLÍTICA: Rio Grande do Sul define quadro eleitoral

  • Icon instagram_blue
  • Icon youtube_blue
  • Icon x_blue
  • Icon facebook_blue
  • Icon google_blue

PT fechou a chapa para a disputa eleitoral, com Olívio Dutra. PSOL também já escolheu seu candidato ao governo do Estado.

POR Redação SRzd16/06/2006|1 min de leitura

POLÍTICA: Rio Grande do Sul define quadro eleitoral
| Siga-nos Google News

O quadro político do Rio Grande do Sul começa a ganhar contornos mais definidos. Depois do PT – que formalizou em convenção, no último dia 10, a
candidatura do ex-governador e ex-ministro das Cidades Olívio Dutra ao governo do Estado e da deputada estadual Jussara Cony (PCdoB) como vice na chapa – o PSol oficializou neste dia 15 a candidatura do historiador Roberto Robaina ao governo gaúcho. “O povo não pode perder a esperança, nem a capacidade de se indignar”, declarou Robaina. O nome do vice ainda será definido e pode vir do PSTU, partido com o qual o PSol formalizou aliança.

Na convenção, também ficou definido o nome da sindicalista Vera Guasso (PSTU) ao Senado. Para para a vaga, diversos nomes têm surgido para
concorrer com o atual senador Pedro Simon (PMDB), que pleiteia um quarto mandato. O PT já indicou o ex-ministro do Desenvolvimento Agrário Miguel Rossetto, e o PFL anunciou que o provável candidato da sigla será o ex-presidente da Federação das Associações Comerciais do Rio Grande do Sul (Federasul), Paulo Afonso Feijó.

Notícias Relacionadas

Ver tudo