Polícia prende mãe e irmão de Djidja Cardoso, ex-sinhazinha do Garantido, que morreu aos 32 anos

  • Icon instagram_blue
  • Icon youtube_blue
  • Icon x_blue
  • Icon facebook_blue
  • Icon google_blue

Polícia. A Polícia Civil do Estado do Amazonas prendeu, na tarde desta quinta-feira (30), na capital manauara, a mãe, o irmão e uma funcionária da ex-sinhazinha do boi-bumbá Garantido, Djidja Cardoso. Além deles, a Justiça do Amazonas decretou a prisão de outros dois funcionários do salão de beleza da família. Cardoso, que era empresária, foi […]

POR Redação SRzd30/05/2024|2 min de leitura

Polícia prende mãe e irmão de Djidja Cardoso, ex-sinhazinha do Garantido, que morreu aos 32 anos
| Siga-nos Google News

Polícia. A Polícia Civil do Estado do Amazonas prendeu, na tarde desta quinta-feira (30), na capital manauara, a mãe, o irmão e uma funcionária da ex-sinhazinha do boi-bumbá Garantido, Djidja Cardoso.

Além deles, a Justiça do Amazonas decretou a prisão de outros dois funcionários do salão de beleza da família. Cardoso, que era empresária, foi encontrada morta na casa onde morava em Manaus na última terça-feira, dia 28.

De acordo com a Justiça, mandados de prisão preventiva foram expedidos nos nomes de Ademar Farias Cardoso Neto, irmão de Djidja Cardoso, Cleusimar Cardoso Rodrigues, mãe de Djidja, Verônica da Costa Seixas, gerente do salão de beleza da família, Marlisson Vasconcelos Dantas, cabeleireiro, Claudiele Santos da Silva, maquiadora do salão chamado Belle Femme.

Os mandados são pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e também pelo crime de estupro, em nome de Ademar Farias, irmão de Djidja (veja o momento da prisão):

Notícias Relacionadas

Ver tudo